O cometa de Chapecó

Como um cometa, a Chapecoense entrou na nossa vida. Assim como o Halley que encantou o mundo trinta anos atrás, o Alviverde surpreendeu e maravilhou, mas rapidamente se foi para o desconhecido.
Para nós terráqueos ficou o vazio. É o sofrimento da perda que habita o coração dos amantes do futebol.
Um brilho efêmero, mas inesquecível, de um time verdadeiramente lutador que estava conquistando a América quando um trágico acidente o lançou para história!
fonte das imagens: uol.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

A democracia acontece na calçada.

Que venha a Chape.

Mais um passeio em verde e branco.

Foca no "Foquita".