Peru se despede da Copa com alegria.

Com absoluta maioria de torcedores em Sochi, a equipe sul-americana venceu a Austrália sem dificuldades por 2 a 0, nesta terça-feira, e se despediu do Mundial com muita alegria. Os gols foram marcados por Carrillo, no primeiro tempo, e Guerrero, no segundo – foi o primeiro do atacante do Flamengo no torneio. Os australianos, que dependiam de combinação de resultados para avançar na Copa, não viram o milagre acontecer.
Maioria no estádio em Sochi, peruanos fazem bonito na execução do hino nacional do Peru. É a despedida da seleção no Mundial!

1º TEMPO
Aos 6, Rogic faz boa triangulação com Leckie e tenta passe para Juric já dentro da área. O camisa 9 cruza rasteiro e Gallese se estica e corta a jogada.
Aos 17, GOL DO PERU
Guerrero recebe belo lançamento no ataque, protege, puxa para trás e vira para Carrillo pegar de primeira em um belo sem pulo. Que golaço, sem chances para Ryan!!!
FAZIA TEMPO..
Último gol do Peru em Copas havia sido com o atacante Guilherme La Rosa, em 1982, contra a Polônia. Desde então, não jogaram mais uma edição de Mundial.
Aos 24, Bola levantada na área e Guerrero, na marca do pênalti, cabeceia para trás com perigo. Ryan faz boa defesa e fica com a bola.
Aos 26, Rogic recebe na intermediaria, limpa três marcadores na habilidade e chega na cara de Gallese, que faz grande defesa! Escanteio para a Austrália.
Aos 33, Rogic dá grande passe para Kruse, novamente na área, que cruza para Leckie. O camisa 7 chegava para mandar para o gol, mas é travado. Escanteio para a Austrália.
resumo: Precisando da vitória, a Austrália começou bem e teve a posse de bola durante todo o primeiro tempo, mas sofreu com os contra-ataques peruanos. No melhor deles, aos 17 minutos, Guerrero recebeu lançamento, contou com falha de Risdon e teve tempo para olhar, ajeitar e cruzar na direção de Carrillo, que acertou lindo chute de primeira sem chances para Ryan. Na sequência, os australianos voltaram a mandar no jogo e poderiam ter empatado – na melhor jogada, Rogic lançou Kruse, que rolou para Leckie marcar sem goleiro. A zaga peruana afastou no limite.

2º TEMPO
Aos 4, Cueva e Trauco fazem tabela, o camisa 8 invade a área, corta para o meio e dá passe mascado para a bola sobrar em Guerrero. O maior artilheiro da história do Peru gira e manda para o gol!
Aos 7, Saiu Juric para a entrada de Cahil. Aos 38 anos, Tim Cahil, maior jogador da história da Austrália, entra em campo e busca atingir uma meta que Pelé tem, gols em quatro Copas do Mundo.
Aos 14, Novo escanteio na área e a bola sobra para Cahill, que dá um meio voleio e quase marca. A bola é travada por Santamaria.
Aos 21, A bola sobra pingando para Arzani na entrada da área e o garoto arrisca para o gol com uma bomba, que passa com perigo por cima da meta de Gallese.
aos 26, Bolão para Behich na esquerda, o lateral manda de primeira para o meio da área e Cahil quase chega para marcar.

E AGORA?
O Peru ultrapassa a própria Austrália e termina a Copa em terceiro lugar no Grupo C, com três pontos. A seleção da Oceania, que só somou um pontinho, fica em último na chave. França e Dinamarca, que empataram sem gols também nesta quinta-feira, avançam em primeiro e segundo lugares, respectivamente. CLIQUE AQUI e veja a tabela da Copa do Mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Que venha a Chape.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Mais um passeio em verde e branco.

A incrível história de Fernando Prass.