Avisa o líder que eu tô chegando.

    Com o foco na Copa Libertadores, Renato Gaúcho escalou uma equipe recheada de reservas e perdeu para o Palmeiras por 3 a 1 em plena Arena do Grêmio. Ficou evidente que a necessária priorização do torneio sul-americano comprometeu mais uma vez a campanha do Tricolor no Brasileirão. Assim o esperado duelo entre postulantes ao título tornou-se um passeio paulista em campos gaúchos. Com a vitória, o Palmeiras tem agora a melhor campanha do segundo turno e assumiu ainda a segunda posição geral no Brasileiro. A ascensão do time paulista sob o comando de Alberto Valentim é evidente e recoloca o Palmeiras como uma ameaça real ao título do Corinthians. Restando oito partidas, a distância foi reduzida temporariamente para seis pontos - o Timão joga hoje contra o Botafogo no Rio - sendo que as equipes se enfrentam no próximo dia 5, podendo diminuir ainda mais essa diferença.
    Desde o início da partida a iniciativa foi do Verdão que com toque de bola tentava furar a defesa gaucha. Durante a primeira etapa porém a lentidão e os erros de passes fizeram o ataque produzir pouco e ainda permitir perigosos contragolpes ao time da casa. Jogando sem sobra na defesa, os paulistas apostaram numa perigosa linha de impedimento para frear o contragolpe do rival. Em alguns lances faltou pouco para Arroyo e Everton vencerem Fernando Prass.
    Se o primeiro tempo foi morno, no segundo o Palmeiras entrou arrasador. E em 14 minutos construiu um resultado contundente. Aos 3 minutos, Dudu mandou um 'foguete' de longe e contou com um desvio em Marcelo Oliveira para vencer Paulo Victor. Aos 9 minutos, após rápida trama pela esquerda, Borja chutou forte, Paulo Vitor espalmou e Moisés aproveitou rebote para ampliar. O Palmeiras não diminuiu o ritmo e aos 17 minutos Dudu anotou o terceiro - na foto abaixo. Atordoado, o Grêmio se recompôs e conseguiu seu gol de honra aos 33 minutos com Michel - que concluiu bem após um bate-rebate na área adversária. O Palmeiras porém soube segurar o animo tricolor e preservou o resultado favorável.
Foto: Lance
    Nos próximos compromissos, o Grêmio tem um jogo importante nesta quarta contra o Barcelona, no Equador, pela semifinal da Copa Libertadores. No domingo, uma provável equipe reserva pega o desesperado Avaí. Já o Palestra paulista treina durante a semana para  receber o Cruzeiro, o Palestra mineiro, no dia 30, no estádio Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA GRÊMIO 1 x 3 PALMEIRAS
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.
Data: 22 de outubro de 2017 (domingo) às 17 horas.
Publico: 16.238 pagantes (18.388 total) Renda: R$ 536.774,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Cartões Amarelos: Michel e Luan(Grêmio); Bruno Henrique (Palmeiras)
Gols: Dudu aos 3min e aos 20min, Moisés aos 9min e Michel aos 33min do 2º tempo.

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Bruno Rodrigo (Jailson), Rafael Thyere e Marcelo Oliveira; Michel e Kaio; Everton, Luan (Dionathã) e Arroyo (Beto da Silva); Jael. Técnico: Renato Gaúcho.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Bruno Henrique (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés (Raphael Veiga); Keno, Miguel Borja (Deyverson) e Dudu. Técnico: Alberto Valentim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Foca no "Foquita".

Que venha a Chape.

Valeu pelos três pontos.