Alívio e esperança tricolor.

    Com muito sofrimento e luta, o São Paulo venceu o Sport por 1 a 0 no último domingo na despedida do  Morumbi - que esteve mais uma vez lotado. O gol do jogo foi marcado por Marcos Guilherme no primeiro tempo, mas o grande destaque do jogo foi o goleiro Sidão. O contestado arqueiro fez defesas incríveis e saiu como o 'herói' da partida. A cereja do bolo de uma apresentação 'heroica' ocorreu nos acréscimos do segundo tempo, quando "SiDeus" protagonizou duas defesas decisivas. Aos 49 o goleiro espalmou para escanteio uma cabeçada de Thomás  e no último lance do jogo, aos 50, defendeu outra cabeçada perigosa, desta vez de Henríquez.
    O São Paulo não fez uma grande partida e em muitos momentos o grupo esteve lento e disperso - numa postura bem diferente da partida anterior contra o Timão. Hernanes e Cueva não renderam o que podem e obrigaram Pratto a recuar muito para armar. O atacante letal virou muitas vezes um armador atrapalhado.
    Principalmente após o gol, o tricolor 'chamou' o Sport para o seu campo e passou a maior parte do tempo acuado.  Por outro lado o Sport, em queda livre no torneio, teve muita dificuldade para construir as jogadas ofensivas. Embora tenha conseguido o domínio da bola na maior parte do tempo o ataque errou muitos passes e a defesa ainda deu espaços perigosos ao time rival. Não por acaso as jogadas aéreas foram a principal alternativa do Leão. Quando conseguiu sucesso nas disputas aéreas, apareceu Sidão que como um paredão garantiu a vitória do Tricolor paulista.
 Fonte: Torcedores.com - Uol

    Com a derrota, o Leão pode entrar perigosamente no Z-4 em caso de vitória da Ponte Preta que enfrenta o Flamengo nesta segunda-feira em casa. No São Paulo o clima é de alívio e esperança, pois conseguiu finalmente sair da zona de rebaixamento após 13 rodadas. O campeonato está tão nivelado que permite aos mais otimistas sonhar até com uma vaga em um dos torneios sul-americanos de 2018.

Ficha Técnica 

São Paulo 1 x 0 Sport 
Data: 1º de outubro de 2017 às 16 horas
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP) 
Gol: Marcos Guilherme aos 35 minutos do 1º tempo.

São Paulo: Sidão, Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Petros, Hernanes, Marcos Guilherme (Jonathan Gómez), Cueva (Shaylon) e Lucas Fernandes (Marcinho); Pratto. Técnico: Dorival Júnior. 

Sport: Magrão, Raul Prata, Ronaldo Alves, Osvaldo Henríquez e Sander (Osvaldo); Anselmo (Thomás), Rithely, Wesley e Mena; Rogério (Thallyson) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Que venha a Chape.

Foca no "Foquita".

Valeu pelos três pontos.