O campeão está chegando!

    Na tarde deste último domingo, o atual campeão Palmeiras venceu o Fluminense por 1 a 0 em pleno Maracanã e confirmou sua ascensão no torneio. O resultado distanciou ainda mais o tricolor de uma vaga na próxima Libertadores, além de aproximá-lo perigosamente da zona de rebaixamento. A esperança da equipe carioca será ainda mais na Copa Sul-americana. Já o Palmeiras permanece em quarto, mas na próxima rodada pode assumir a segunda colocação se vencer o clássico contra o Santos. Para o torcedor mais otimista, que vê os tropeços do líder Corinthians, existe até o sonho em obter o bicampeonato. 
    O Palmeiras entrou em campo no 4-3-3, com Tchê Tchê, Jean e Moisés comandando o meio de campo e fazendo a transição para um ataque veloz formado por Dudu, Deyverson e Willian. Aproveitando o cansaço do rival, que vinha de uma heroica classificação em Quito, Cuca mandou a equipe avançar a marcação e buscar a vitória desde o início - mesmo estando fora de casa. A ousadia deu resultado. No primeiro tempo a time paulista dominou as ações criando boas oportunidades e praticamente não deixou o adversário contra atacar. Aos 25 minutos de jogo, Léo atingiu Dudu dentro da área, mas o árbitro não marcou pênalti. Antes do fim do primeiro tempo, Egídio (na foto abaixo) bateu com estilo de fora da área e abriu o marcador. Foi a redenção de um jogador muito criticado após as eliminações recentes, mas que mostrou personalidade para se manter na equipe. O Fluminense ainda tentou reagir ao revés, mas faltou uma companhia para Henrique Dourado que lutou praticamente sozinho contra a zaga palestrina.
 Fonte: UOL
    No segundo tempo, Abel mandou o Fluminense partir para o ataque. Confortável com a vitória parcial, o Palmeiras 'chamou o Flu" para aproveitar a velocidade de seus atacantes no contragolpe, como gosta Cuca. Essa estratégia inclusive tem sido a tônica deste brasileirão. Com a bola, mas sem levar muito perigo, o treinador tricolor promoveu duas mudanças aos 20 minutos. Saiu o meia Robinho para a entrada de Wellington Silva e a tirou Orejuela para a entrada de Marlon Freitas no meio de campo. Antes que as mudanças surtissem efeito, Cuca agiu rápido e aos 26' tirou Deyverson e Jean para colocar Róger Guedes e o volante Thiago Santos. Assim Cuca fechou os espaços na marcação e obrigou o Flu a tentar os lançamentos diretos na área, sem sucesso. Na frente, ganhou em velocidade com Róger Guedes descansado no ataque. O jogo ganhou emoção com o Flu ganhando força no meio de campo e os contra ataques do Palmeiras ficando mais perigosos. Numa das investidas, Róger Guedes lançou Juninho que apareceu como surpresa no ataque. O zagueiro porém errou duas finalizações em sequência na frente de Júlio César. A ineficácia do time carioca e a displicência do Palmeiras em alguns contra-ataques não permitiu que o placar fosse alterado. Final de jogo, vitória da equipe que foi mais ambiciosa durante a maior parte do tempo.
    Animado com as boas atuações neste novo momento no campeonato o Palmeiras receberá o Santos, sábado às 19 horas. Serão desfalques certos o zagueiro Edu Dracena e o lateral Egídio, que levaram o terceiro amarelo, além de Mina e Michel Bastos que continuam contundidos. Já o Fluminense enfrenta fora de casa o Grêmio no domingo às 16 horas. O zagueiro Nogueira cumprirá suspensão pelo terceiro amarelo levado ontem.


FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 1 PALMEIRAS 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Anderson Daronco (RS) Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) 
Renda: R$ 353.660,00 Público: 11.208 pagantes 
Cartões amarelos: Lucas e Nogueira (Fluminense); Edu Dracena e Egídio (Palmeiras) 
Gol: Egídio, aos 41min do primeiro tempo 
Fluminense Júlio César; Lucas, Nogueira, Frazan e Léo; Orejuela (Marlon Freitas), Wendel e Douglas (Sornoza); Gustavo Scarpa, Robinho (Wellington Silva) e Henrique Dourado Técnico: Abel Braga 
Palmeiras Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Jean (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés; Willian (Borja), Deyverson (Róger Guedes) e Dudu Técnico: Cuca

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Que venha a Chape.

Foca no "Foquita".

Valeu pelos três pontos.