Depois do 1 a 7, vem o 8 a 0!

    Em mais uma apresentação memorável, a Seleção Brasileira venceu o Paraguai por 3 a 0 na Arena Corinthians e alcançou sua oitava vitória seguida na era Tite. A facilidade com que o Brasil conquistou o resultado contrasta com o fato de que a 'canarinha' não vencia o Paraguai desde 2009. 
    Após uma tenebrosa temporada de sofrimento iniciado com Mano Menezes, passando pelo 7 a 1 na última Copa e culminando na segunda passagem fracassada de Dunga o torcedor brasileiro voltou a 'abraçar' a sua Seleção! É até surpreendente como Tite, utilizando quase os mesmo jogadores de Dunga, tenha conseguido tão rapidamente fazer o Brasil se reencontrar com o seu grande futebol. Alem dos resultados, a postura mudou radicalmente. Desde setembro do ano passado, o time mantem uma postura ofensiva com a marcação alta que tem sufocado seus adversários sul-americanos. Com a bola no pé, a seleção brasileira vem revivendo seus grandes momentos. Trocas constantes de posição, compactação em 30 metros, habilidade e muita posse de bola até encontrar a melhor forma de finalização. Enquanto seu goleiro quase não suja o uniforme, o ataque produz sempre pelo menos cinco ou seis grandes chances de gol. É a seleção seguindo os maiores preceitos do futebol moderno e jogando o 'fino da bola'! Fonte: O Globo 
    Ontem foi a vez dos craques Neymar (foto acima) e Coutinho se divertirem em cima dos atordoados zagueiros paraguaios. Cada um fez o seu gol e Marcelo se 'redimiu' fechando o placar. O Paraguai que veio com uma postura muito defensiva pouco ameaçou o goleiro Alisson e só escapou de levar uma goleada, por que o goleiro Anthony Silva pegou o pênalti cobrado por Neymar. Até a torcida paulistana que sempre foi muito exigente se entregou de vez ao futebol bonito e a capacidade fase inesgotável de Tite de organizar uma equipe de jogadores. Não me recordo de um técnico da seleção ser mais idolatrado que os craques em campo.
    Completando a noite, a vitória por 2 a 1 do Peru sobre o Uruguai garantiu a vaga brasileira para a Copa da Rússia faltando ainda quatro rodadas para o fim das Eliminatórias Sul-Americanas. Isso ocorre pois para que a quinta colocada, a Argentina, que tem 22 pontos consiga ultrapassar a seleção brasileira com 33 é preciso que ela vença suas quatro últimas partidas e uma delas é contra o Uruguai. Assim sendo, seria o Uruguai com 23 que não conseguiria passar o Brasil.

A campanha do Brasil nas Eliminatórias após a chegada de Tite:
Dia 01/09/16 – Equador 0 x 3 Brasil 
Dia 06/09/16 – Brasil 2 x 1 Colômbia 
Dia 06/10/16 – Brasil 5 x 0 Bolívia 
Dia 11/10/16 – Venezuela 0 x 2 Brasil 
Dia 10/11/16 – Brasil 3 x 0 Argentina 
Dia 16/11/16 – Peru 0 x 2 Brasil 
Dia 23/03/17 – Uruguai 1 x 4 Brasil 
Dia 28/03/17 – Brasil 3 x 0 Paraguai

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Que venha a Chape.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Valeu pelos três pontos.

Foca no "Foquita".