Muito futebol, polêmicas e surpresas!

    A rodada começou e logo veio a primeira zebra. O Timão perdeu por 2 a 0 do Santo André jogando em casa. A torcida alvinegra sofreu muito com as limitações do elenco e viu o time do ABC aproveitar os contragolpes para impor a primeira derrota em casa do ano  para o Corinthians - que para completar ficou na lanterna de seu grupo. Fato é que além da chegada de Jadson, apresentado com a camisa 77 antes do jogo, falta muito para a equipe alvinegra realmente se candidatar para buscar o título do torneio.
    No domingo de manhã, o Santos conseguiu mais uma vitória e é hoje a única equipe considerada grande a ter 100% de aproveitamento no Paulistão. O confronto foi muito disputado e equilibrado, prevalecendo a força do ataque santista. Lucas Lima apresentou um amplo repertório que animou o bom público presente no Pacaembu. A vitória, porém veio graças a um gol polêmico do atacante santista Kayke. Após bate rebate na área, Kayke completou a jogada, porém os rivais alegam que ele tocou a mão na bola. Além disso, segundo os jogadores do Red Bull, a pelota sequer ultrapassou a linha final. Com o resultado, o Peixe mais uma vez mostrou sua força do campeonato regional e segue líder de seu grupo.
    No Morumbi, com o placar de 5 a 2 a festa foi completa para o São Paulo. Além do estádio lotado para ver Rogério Ceni, o grande ídolo do clube, na nova função de treinador, o tricolor transformou a Ponte Preta em um mero sparring. O jogo que seguiu a clássica disputa entre um time que briga pela bola contra um time que quer espaços no campo para armar rápidos contragolpes. E assim, dominando as ações com a bola no pé, que o Soberano encurralou a Macaca. O time campineiro também se mostrou desorganizado e apático, iniciando a marcação somente no campo de defesa - o que facilitou muito a saída de bola do tricolor. Os destaques foram o centroavante Gilberto, antes contestado, que foi o artilheiro com três gols e o meio-campista Cuevas que participou das principais jogadas no ataque tricolor. 
    As vitórias de Santos e São Paulo servem para "esquentar" o clássico da próxima quarta-feira.
    Completando a rodada, o Ituano surpreendeu e impôs a primeira derrota de Eduardo Baptista no comando do Palmeiras. O futebol organizado apresentado pelo Verdão na estreia, foi deixado de lado e a equipe abusou dos chutões, além de se expôr varias vezes aos contragolpes do time da casa. Importante destacar, que além de ter uma defesa bem postada, o Ituano mostrou também velocidade e força física para no segundo tempo se impor diante do Palmeiras. Foi na segunda etapa que o volante Guly marcou o gol que determinou o resultado do confronto. O consolo palestrino ficou para a boa estreia do meia Guerra.


Resultados da 2ª Rodada

Ferroviária 1 x 3 Mirassol
Linense 2 x 0 Audax
Botafogo 2 x 1 Novorizontino
Corinthians 0 x 2 Santo André
Red Bull Brasil 2 x 3 Santos
São Paulo 5 x 2 Ponte Preta
Ituano 1 x 0 Palmeiras
São Bernardo 2 x 1 São Bento

fonte da imagem: Globo Esporte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Que venha a Chape.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Mais um passeio em verde e branco.

A incrível história de Fernando Prass.