Perdemos o nosso capitão!

Fonte: O Globo

    Nesta semana faleceu Carlos Alberto Torres. 
    É uma perda inestimável do nosso futebol.
    Dentre os grandes capitães da Seleção Brasileira, ele talvez tenha sido o maior de todos.     Torres além da personalidade forte que liderou a seleção na Copa de 70 quando conquistamos o nosso terceiro Mundial foi também figura marcante como jogador do espetacular Santos de Pelé da década de 60, da  máquina do Flu na década de 70 e posteriormente foi o treinador do Flamengo de Zico que conquistou o mundo na década de 80. Era um lateral que atacava constantemente, uma inovação na época e que hoje é comum com os alas. Foi assim, avançando como ponta, que ele fez o famoso quarto gol brasileiro na final da copa de 1970.
    Vai o ídolo, fica a tristeza, mas principalmente a memória dos seus grandes feitos no futebol.
    Adeus Capita!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Peru e Dinamarca estreiam em clima de decisão.

Que venha a Chape.

Vai começar a grande festa do futebol mundial!

Mais um passeio em verde e branco.

A incrível história de Fernando Prass.